Homens de hoje.

Hoje em dia, para um homem conquistar e consequentemente, ficar com uma mulher, tem que entender muito além de futebol, política e cerveja.

Antigamente, nós mulheres, éramos submetidas desde a infância a seguir regras, obedecê-las sem questionamento. Éramos, maltratadas, humilhadas, esquecidas e invisíveis.

waiting-410328_1920

Nos tempos atuais, para estarmos com um homem, primeiramente ele tem que aceitar como somos, como vivemos e como pensamos. Não estamos mais preocupadas em nos relacionarmos com provedores de uma casa, ou líderes de uma matilha.

Queremos um homem que saiba ouvir o que não dizemos, que saiba ser coadjuvante quando estamos no auge de nosso brilho pessoal e profissional, que entenda que salão de Sábado ou quarta-feira é sagrado, que nunca a quantidade de sapatos no armário será suficiente, que dormir de moletom é bem mais confortável que calcinha fio dental. Mas que saiba e aprenda também, oferecer o colo aconchegante, ser a base segura e o abraço forte.

Pode sair pra beber e festar com os amigos, desde que seu coração e seus pensamentos voltem para casa com ele. Pode também, ter sua privacidade reservada, desde que haja com respeito e cumplicidade no olhar quando for deitar ao lado de sua amada ou se reconhecerem no meio da multidão.

Nós mulheres, conquistamos ou descobrimos a força interior que nos move e nos faz acreditar que somos capazes de mudar o mundo. Nem que seja o nosso próprio mundo. Não é qualquer molecote que aguenta o tranco. Ao longo do tempo fomos nos tornando mais comunicativas, amigas, ouvintes, determinadas, leoas, mas com o mesmo coração maternal e sensível de antigamente. O que nos torna quase super heroínas.

Hoje em dia, ser homem requer um pouco mais de conhecimento técnico, de uma boa conta no banco e um carro do ano. Para ser homem, precisa reconhecer que evoluímos. Que, nós mulheres, podemos competir de igual para igual. Que temos sangue no olho, muito amor no coração e um jeitinho todo especial de conseguir o que queremos!

Então homens, cuidado ao “escolherem” suas mulheres, pois no fim, quem poderá estar sendo escolhido, são vocês!

Carol Hahmeyer

Carol Hahmeyer, paulista de RG, goianade coração, psicóloga e fotógrafa.
Amante das palavras, de chocolate e das almas de bem.
Minha melhor parte é ser livre e ter me tornado Mãe.

Últimos posts por Carol Hahmeyer (exibir todos)

Categorias: Comportamento

Tags: ,,,